quarta-feira, 15 de outubro de 2008

As perguntas verdadeiramente importantes



As perguntas verdadeiramente importantes são as que uma criança pode formular - e apenas essas. Só as perguntas mais ingénuas são realmente perguntas importantes. São as interrogações para as quais não há resposta. Uma pergunta para a qual não há resposta é um obstáculo para lá do qual não se pode passar. Ou, por outras palavras: são precisamente as perguntas para as quais não há resposta que marcam os limites das possibilidades humanas e traçam as fronteiras da nossa existência.

Milan Kundera, in "A Insustentável Leveza do Ser"

2 comentários:

AMMedeiros disse...

Milan Kundera e "A Insustentável leveza do Ser", um livro que marcou as minhas leituras porque nele encontrei algumas perguntas para as quais não tinha resposta... Mas também algumas respostas a perguntas que ainda não tinha formulado.

Um beijo

M. disse...

Muito, muito interessante esta reflexão de Milan Kundera.